Insuficiência renal em cães e gatos

Insuficiência renal em cães e gatos

 

A insuficiência renal em animais domésticos é uma doença bastante comum, que pode ocorrer de forma aguda ou crônica, em cães e gatos. Por desempenharem papel vital no metabolismo animal, é importante estarmos sempre atentos à saúde dos rins e aos sintomas de comorbidades relacionadas a eles.

O funcionamento dos rins nos animais

Assim como os humanos, cães e gatos naturalmente possuem dois rins. Dentro de suas pirâmides renais, que ficam na parte medular do rim, estão situados os glomérulos e os néfrons. É nesta parte do sistema que acontece a filtração do sangue, a reabsorção de elementos benéficos e a secreção de elementos nocivos ao organismo do animal.

A insuficiência renal consiste no mau funcionamento dos glomérulos e a limitação de suas funções fundamentais. Ele perde a capacidade de filtrar e o sangue poluído retorna para o corpo. Isso ocasiona o acúmulo de líquido, aumenta a pressão sanguínea e pode, em alguns casos, progredir para problemas ósseos e hematológicos.

Causas da insuficiência renal canina e felina

São diversas as causas da insuficiência renal em cães e gatos:

. Idade: a possibilidade de apresentar a doença em animais mais velhos é maior.
. Obesidade: o excesso de lipídios eleva os níveis de moléculas de açúcar que podem lesionar os rins dependendo de sua quantidade.
. Excesso de proteínas na alimentação: por ser uma substância pesada, ela também sobrecarrega os rins.
. Outras doenças: câncer, pancreatite e doenças periodontais, por exemplo, podem desencadear a insuficiência renal posteriormente.
. Medicação inadequada: a administração de medicamentos sem a orientação de um Médico Veterinário também pode danificar os rins.

Insuficiência renal aguda e crônica

Existem diversos níveis de insuficiência renal em animais. Elas são classificadas entre aguda e crônica. A insuficiência renal aguda é reversível, manifesta-se através de muita dor. Já a insuficiência renal crônica se apresenta sem dor, quando o rim atinge a exaustão, por este motivo é irreversível e leva à morte do animal.

Em ambos os casos, a melhor alternativa para evitar os malefícios da insuficiência renal é estar atento aos sintomas e realizar testes periódicos de Ureia e Creatinina realizados por meio de um analisador de bioquímica seca veterinário.

Sintomas da insuficiência renal canina e felina

Os sintomas da insuficiência renal são diferentes entre os casos de insuficiência aguda e crônica:

Insuficiência renal aguda:
. Diminuição da urina
. Diminuição da ingestão de água
. Perda de apetite
. Depressão
. Perda de peso
. Sangue na urina

Insuficiência renal crônica:
. Aumento da urina
. Aumento da ingestão de água
. Desidratação
. Perda de peso

. Hálito com odor forte
. Úlceras na boca e focinho
. Respiração acelerada
. Vômito

Diagnóstico da insuficiência renal em cães e gatos

Um diagnóstico preciso de insuficiência renal deve ser feito considerando-se o histórico clínico do animal e exames de funções renais – CREATININA, URÉIA, ÁCIDO ÚRICO – além de ultrassonografias e radiografias, quando necessário.

O Analisador de Bioquímica Seca Veterinário exclusivo da Celer é rápido, prático e preciso. Além dos exames de funções renais, realiza também exames de rotina, de funções hepáticas e cardíacas.

Tem dúvidas sobre os equipamentos de diagnóstico da Celer?
Conecte-se com a nossa equipe: +55 (31) 3413-0814

Compartilhar este post

Deixe uma resposta