Finecare β-HCG Teste Quantitativo: tecnologia Point of Care em exames de gravidez

Finecare β-HCG Teste Quantitativo

Finecare β-HCG Teste Quantitativo: tecnologia Point of Care em exames de gravidez

Dados apontam que, durante a pandemia, os casos de gravidez aumentaram. Especialistas discutem a possibilidade de um novo baby boom, como é chamado o crescimento súbito de nascimentos durante um período específico. Consequentemente, a demanda por testes de gravidez se tornou mais alta no período. Para esse mercado, a Celer Biotecnologia oferece em seu portfólio de produtos o Finecare β-HCG Teste Quantitativo. Utilizado em conjunto com o analisador Celer Finecare FIA Meter, o teste determina quantitativamente a presença de Beta HCG no organismo humano.

O hormônio HCG

HCG (sigla para Gonadotropina Coriônica Humana) é o nome de uma glicoproteína secretada pela placenta após a implantação do embrião. Exames podem medir quantitativamente ou qualitativamente a presença deste hormônio no organismo.

O HCG é essencial para a manutenção da gravidez. É possível detectá-lo na urina ou sangue de mulheres grávidas cerca cinco dias após a implantação do blastocisto – segundo estágio do desenvolvimento do embrião. Com o desenvolvimento do embrião e da placenta, os níveis do hormônio aumentam. Nas primeiras semanas da gestação, as taxas do hormônio dobram a cada dois ou três dias. A sua concentração aumenta continuamente até ao terceiro mês da gravidez. Depois, as taxas caem até a vigésima semana e se mantém estabilizadas até o parto. Entretanto, grandes variações nos níveis são normais ao longo da gravidez; apenas um médico tem condições de avaliar o índice.

Assim como outros hormônios do organismo humano, o HCG contém duas subunidades diferentes: uma cadeia alfa e outra beta, ligadas por ligações não covalentes. As estruturas das subunidades alfa desses hormônios são praticamente idênticas, ao contrário das subunidades beta, responsáveis por especificidade biológica e imunológica. Por isso, nos exames quantitativos, a determinação do hormônio no organismo é realizada através do β-HCG.

Testes de gravidez: análise de Beta HCG

O exame de Beta HCG pode ser realizado em caso de suspeita de gravidez, sendo o primeiro sinal o atraso da menstruação. Outros fatores também são levados em consideração para suspeita clínica de gravidez, como enjoos, náuseas, sensibilidade a cheiros fortes, aumento das mamas, entre outros fatores físicos e emocionais.

Para evitar falso-negativos, indica-se que o teste seja realizado após o atraso da menstruação ou dez dias após a data da ovulação. Em fases muito precoces da gestação, o nível do hormônio no organismo pode ser baixo, não sendo detectada gravidez. Um resultado falso-positivo pode ocorrer em casos de gravidez ectópica (fora do útero) ou tumores. Além disso, tratamentos à base de beta HCG também geram resultados falso-positivo.

Apesar de ser conhecido popularmente por ser o indicador de gravidez, o exame quantitativo de beta HCG pode oferecer dados importantes sobre a evolução da gestação. Através do exame é possível estimar a idade gestacional ou revelar complicações que possam afetar o feto ou a gestante.  Ou seja, ainda que a gravidez seja comprovada por outros métodos, a dosagem de β-HCG também é realizada para acompanhamento da gestação, principalmente no início.

β-HCG: diferenciais do teste rápido quantitativo da Celer

O teste Finecare β-HCG Teste Quantitativo é um produto Point of Care. Utilizado em conjunto com o analisador Finecare FIA Meter, ele determina quantitativamente a β-Gonadotrofina Coriônica Humana (β-HCG), presente em amostras de soro, plasma ou sangue total humano. O exame possui maior sensibilidade e precisão para determinar gravidez. O resultado é disponibilizado em 15 minutos.

O exame Beta HCG da Celer é diferente dos testes de farmácia. Esses, realizados com urina, utilizam-se de uma fita de anticorpos que reagem quando ligado ao HCG. A reação provoca uma mudança de cor na faixa. Esses testes são de caráter qualitativo, ou seja, indicam se a paciente está grávida ou não, mas não dosam a presença do hormônio no organismo. Já o Finecare β-HCG Teste Quantitativo somente é realizado com amostras de sangue, soro ou plasma e determina quantitativamente a presença do beta HCG no organismo.

Resultados abaixo de 5 mlU/mL são considerados negativos para gravidez. Entretanto, é necessário considerar diagnóstico clínico e indica-se repetir o exame após 48 horas em caso de suspeita de gravidez, pois a concentração do hormônio pode apresentar taxas baixas no início da gestação. Quantitativo igual ou acima de 25mlU/mL são considerados positivos para gravidez.  Concentração entre 5 e 25 mIU/mL são considerados valor indeterminado e também indica-se repetir o exame após 48 horas.

Teste β-HCG Point of Care

O exame Finecare β-HCG Teste Quantitativo é realizado em conjunto com plataforma da linha Point of Care (POC) Finecare FIA Meter da Celer Biotecnologia. Conhecidos também como testes laboratoriais remotos, os exames Point of Care permitem maior descentralização na realização de exames por se tratarem de plataformas compactas e com processo automatizado. Além disso, precisam apenas de pequena amostra da paciente. Os resultados são entregues em menor tempo, sem perda de confiabilidade. Desta forma, é possível otimizar o fluxo em laboratórios, clínicas e hospitais.

Os analisadores da linha utilizam-se do método imunoensaio por fluorescência (FIA) para detecção e quantificação dos analitos presentes nas amostras. A emissão da fluorescência do corante é coletada e convertida em sinal elétrico, correlacionado com a quantidade de corante fluorescente ligado ao elemento analisado.

Conforme aponta o fabricante, ”O método utiliza o modo de imunodetecção em “sanduíche” quando uma amostra é adicionada ao poço de reação. Anticorpos marcados com fluorescência anti-β-hCG se ligam ao antígeno β-hCG presente na amostra. A mistura migra pela matriz de nitrocelulose da tira de reação por ação capilar e os complexos de anticorpo-β-hCG circulantes são capturados pelo anticorpo anti-β-hCG imobilizado na tira de teste. Assim, quanto maior a concentração de β-hCG na amostra, mais complexos se formam e se acumulam na tira de reação. A intensidade do sinal de anticorpos fluorescentes detectados pelo analisador Finecare FIA Meter reflete a quantidade de β-hCG capturados durante a reação e o analisador Finecare FIA Meter indica a sua concentração na amostra de sangue.” (Acesse o documento de instruções de uso do teste completo).

Conheça outros marcadores da linha Point of Care da Celer Biotecnologia. Em caso de dúvidas, a equipe científica da Celer Biotecnologia está disponível para suporte no e-mail assessoriacientifica@celer.ind.br.

Compartilhar este post

Deixe uma resposta